A UTILIZAÇÃO DA “SALA DE AULA INVERTIDA” EM CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: COMPARAÇÃO ENTRE O MODELO TRADICIONAL E O MODELO INVERTIDO “FLIPPED CLASSROOM” ADAPTADO AOS ESTILOS DE APRENDIZAGEM

Ana Teresa Colenci Trevelin, Marco Antonio Alves Pereira, José Dutra de Oliveira Neto

Abstract


Tecnologias da Informação e Comunicação têm sido consideradas um suporte importante para a educação presencial nos cursos de tecnologia porque abrangem diferentes formas de aprendizagem em oposição aos métodos tradicionais que privilegiam um tipo de aprendizagem. Este trabalho teve como objetivo comparar os resultados de uma disciplina intitulada Sistemas Operacionais, ministrada para diferentes turmas ora de forma tradicional ora através da combinação dos estilos de aprendizagem com a metodologia “Flipped Classroom”. Para o desenvolvimento desta pesquisa efetuou-se um estudo de caso aplicado na Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga onde uma turma chamada “controle” teve as aulas ministradas de maneira tradicional e outra turma chamada “experiencial” teve seus estilos de aprendizagem medidos e as aulas ministradas através da aplicação da metodologia “Flipped Classroom”. Os resultados apontaram uma redução no número de reprovação na turma experiencial e relatos de satisfação dos alunos envolvidos. Novas pesquisas estão sendo realizadas.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.